Arquivo da categoria: Arte

Construção necessária – texto de Mimila K Rocha

Na busca, me encontrei nela. Anos, dias, horas, minutos… tudo se projeta na adequada estação: tempo de expectativas, tempo criatividade. Pressa! há necessidade? A demora pode sincronizar tempo, vontade e conveniência. Nas buscas minhas energias transbordam, são as circunstâncias que … Continuar lendo

Publicado em Arte | Deixe um comentário

“A justeza do vestido” – crônica de Gabriel Chalita

Por Gabriel Chalita Estava ela na mesa ao lado. Estava eu aguardando. Reparei no vestido. Tão justo. Tão um com o seu corpo. Ela parecia não ter fome. Por mais de uma vez, disse não querer. Também parecia aguardar. A minha … Continuar lendo

Publicado em Arte | Deixe um comentário

Elza Soares, a maior cantora brasileira de todos os tempos

“Elza Soares não se comportava como cantora. Assim como Ella Fitzgerald e outras grandes, ela era um instrumento a mais na banda. Se integrava e entendia tudo o que se passava na complicada e intrincada rede musical que a cercava. … Continuar lendo

Publicado em Arte | Deixe um comentário

A incompletude do meu ser – por Mimila K Rocha

Mirei na janela do tempo para poder falar de mim. Isso mesmo! Fiz da finitude um estímulo – uma espécie de “corrida” para chegar depois… ⁃ modelei a minha paciência para impedir precipitações, ⁃ busquei na serenidade o equilíbrio do … Continuar lendo

Publicado em Arte | Deixe um comentário

Persistência – texto de Mimila K Rocha

Fui impactado negativamente pela certeza! É que no meu dia-a-dia o conhecimento certo é uma constatação de momento e o fim desejado uma mera projeção. Caminhei, mesmo sem a certeza do meu futuro. Minha estabilidade estava na busca e nunca … Continuar lendo

Publicado em Arte | Deixe um comentário

O Amor não Tem nada que Ver com a Idade – texto de José Saramago

Penso saber que o amor não tem nada que ver com a idade, como acontece com qualquer outro sentimento. Quando se fala de uma época a que se chamaria de descoberta do amor, eu penso que essa é uma maneira … Continuar lendo

Publicado em Arte | Deixe um comentário

Mirando um futuro – por Mimila K Rocha

Aquela porta aberta despertou em mim uma imagem do futuro. Não era uma mera representação, muito menos uma imagem refletida no espelho… Era a expressão de um desejo – uma expectativa viável. Toquei meus pés na soleira, escorei meu corpo … Continuar lendo

Publicado em Arte | Deixe um comentário

O MEU AMANHÃ – por Mimila K Rocha

Quando eu olhei ao meu lado tudo era poeira – fragmentos daquilo que ontem estava inteiro. Nada de tristeza, encarei o fato com esperança… Não havia pedaços muito menos destroços, ali estavam os elementos do novo. Uma metamorfose necessária. Mimila … Continuar lendo

Publicado em Arte | Deixe um comentário

Nº 5 – tela de Jackson Pollock, um dos precursores do expressionismo abstrato

Nº 5 – tela de Jackson Pollock Em 1948, no período pós-guerra, o estadunidense Jackson Pollock produziu a tela intitulada Nº 5. O artista foi um dos precursores do expressionismo abstrato, movimento artístico que surgiu na década de 40 nos … Continuar lendo

Publicado em Arte | Deixe um comentário

Sejamos Alegres – Clarice Lispector – texto para reflexão

Sejamos Alegres Denuncio nossa fraqueza, denuncio o horror alucinante de morrer — e respondo a toda essa infâmia com — exatamente isto que vai agora ficar escrito — e respondo a toda essa infâmia com a alegria. Puríssima e levíssima … Continuar lendo

Publicado em Arte | Deixe um comentário

As virtudes da paciência – texto de Mimila K Rocha

Hoje eu acordei na fila dos mansos. Não! Não era um querer ser dócil, muito menos pacato! Via na simetria – tempo/paciência – a certeza do agir. E imaginando a correnteza de um rio, fiz do remanso apenas uma parada … Continuar lendo

Publicado em Arte | Deixe um comentário

A Noite não me Deu nenhum Sossego – poema de

A Noite não me Deu nenhum Sossego Como voltar feliz ao meu trabalho se a noite não me deu nenhum sossego? A noite, o dia, cartas dum baralho sempre trocadas neste jogo cego. Eles dois, inimigos de mãos dadas, me … Continuar lendo

Publicado em Arte | Deixe um comentário

Poema de Sete Faces – Carlos Drummond de Andrade

Poema de Sete Faces Quando nasci, um anjo tortodesses que vivem na sombradisse: Vai, Carlos! ser gauche na vida. As casas espiam os homensque correm atrás de mulheres.A tarde talvez fosse azul,não houvesse tantos desejos. O bonde passa cheio de … Continuar lendo

Publicado em Arte | Deixe um comentário

Paixão pelo imperfeito – por Mimila Rocha

Não me interessei pelo seu passado… nem ao menos olhei seu jeito físico – a sua meiguice e o seu modo carinhoso já eram suficientes. Sua profundidade era justamente sua curiosidade: ver, ouvir, conhecer experimentar… Não tinha medo do novo! … Continuar lendo

Publicado em Arte | Deixe um comentário

A Inevitabilidade das Revoluções – Eça de Queirós – texto para reflexão

A Inevitabilidade das Revoluções As revoluções não são fatos que se aplaudam ou que se condenem. Havia nisso o mesmo absurdo que em aplaudir ou condenar as evoluções do Sol. São fatos fatais. Têm de vir. De cada vez que … Continuar lendo

Publicado em Arte | Deixe um comentário