Homenageados com o Colar do Mérito do TCMSP ressaltam a importância da democracia e da solidariedade em seus discursos

A entrega do Colar do Mérito, a maior homenagem concedida pelo TCMSP a personalidades com atuação importante para a cidade, teve momentos emocionantes.  As falas dos homenageados foram um dos pontos altos da cerimônia, realizada dia 29/11 (segunda-feira). O ministro do STF Enrique Ricardo Lewandowski, o jurista e professor Celso Antônio Bandeira de Mello, o prefeito Bruno Covas, representado por seu filho Tomás, e o juiz federal Sílvio Luiz Ferreira da Rocha foram homenageados.  Veja, abaixo, as declarações deles em vídeo:

Durante a entrega do Colar do Mérito no TCMSP, Tomás Covas, de 16 anos, fez uma homenagem ao pai, o prefeito Bruno Covas, que morreu aos 41 anos. “Ele foi meu pai, meu líder e uma referência de ética e democracia”.

Veja, abaixo, a declaração dele:

O juiz federal Sílvio Luiz Ferreira da Rocha fez uma defesa, em seu pronunciamento, da importância da magistratura como um poder contra-majoritário que pode (e deve) se opor à maioria, quando for o caso. Defendeu, também, que o juiz seja imparcial e movido pelas provas na hora de condenar ou absolver pessoas. “É importante não criminalizar a política, como uma instância capaz de combater as desigualdades sociais e não deslegitimá-la. Além disso, o juiz deve lembrar que atua em caráter impessoal e assegurar um julgamento justo a todos os acusados. Um magistrado imparcial é aquele que busca nas provas a verdade dos fatos.”

Veja abaixo suas declarações:

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Enrique Ricardo Lewandowski, destacou, em sua fala, a importância dos Tribunais de Contas, em especial o TCMSP, que, assim como seu congênere carioca, foi legitimado pela Constituição de 1988. “ Os Tribunais de Contas ganharam grande importância exatamente por que lidam com a essência da República – palavra que significa coisa de todos  ou res publica – ou seja  o que é comum a todos.”

Veja, a seguir, suas falas:

A professora Weida Zancaner Bandeira de Mello, mulher do jurista Celso Antônio Bandeira de Mello, fez uma fala emocionante em saudação aos presentes na cerimônia, citando, inclusive, falas de uma poeta: “ estamos ao lado de pessoas que se empenharam, como nós, em lutar pela Democracia, enfim por uma sociedade plural, livre, justa, solidária. Continuaremos pintando estrelas nos muros e tendo o céu ao alcance da mão, como diria a nossa poetisa brasileira Helena Kolody”, disse, emocionada e aplaudida de pé, representando seu marido.

A seguir, veja suas falas:

Publicado originalmente no portal do TCM-SP

Sobre joaoantonio60

Traço de União é um espaço para aqueles que defendem a democracia, a ciência e a preservação do Planeta Terra - azul e redonda.
Esse post foi publicado em Democracia. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s