Nunca Estamos em Nós, Estamos Sempre Além – Michel de Montaigne – texto para reflexão

Nunca Estamos em Nós, Estamos Sempre Além

Os que acusam os homens de ir sempre perseguindo boquiabertos as coisas futuras, e ensinam a nos apossarmos dos bens atuais e a sossegarmos neles por não termos nenhum domínio sobre o que está para vir, até bem menos do que o temos sobre o que passou, referem-se ao mais comum dos erros humanos – se é que ousam chamar de erro algo que a própria natureza nos encaminha para servirmos à continuação da sua obra, imprimindo-nos, como muitas outras, essa fantasia enganadora, mais ciosa da nossa ação que do nosso saber.

Nunca estamos em nós, estamos sempre além. O temor, o desejo, a esperança lançam-nos para o futuro e roubam-nos a percepção e o exame do que é, para entreter-nos com o que será, até mesmo quando não existirmos mais. Infeliz é o espírito que se preocupa com o futuro (Séneca). Este grande preceito é frequentemente citado em Platão: Faz o teu feito e conhece-te a ti mesmo.

Cada um desses dois membros engloba em geral todo o nosso dever, e igualmente engloba o seu companheiro. Quem tivesse de fazer o seu feito veria que a sua primeira lição é conhecer o que é e o que lhe é próprio. E quem se conhece já não toma como seu o feito alheio: ama-se e cultiva-se acima de qualquer outra coisa; rejeita as ocupações supérfluas e os pensamentos e projectos inúteis. Assim como a loucura não ficará contente quando lhe concederem o que deseja, assim a sabedoria se contenta com o que está presente, e nunca se desagrada de si(Cícero).
Epicuro dispensa o seu sábio da previsão e da preocupação quanto ao futuro.

Michel de Montaigne da obra “Ensaios”

Michel Eyquem de Montaigne foi um jurista, político, filósofo, escritor, cético e humanista francês. É considerado o inventor do gênero ensaio pessoal quando publicou sua obra Ensaios, em 1580.

Foi influenciado por diversas correntes filosóficas, sobretudo pelo humanismo renascentista, que estava inspirado no antropocentrismo (homem como centro do mundo).

Sobre joaoantonio60

Traço de União é um espaço para aqueles que defendem a democracia, a ciência e a preservação do Planeta Terra - azul e redonda.
Esse post foi publicado em Cultura. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s