Viver sem tempos mortos – poema de Simone de Beauvoir

Simone de Beauvoir

VIVER SEM TEMPOS MORTOS

Não mais me deitar no feno perfumado ou deslizar na neve deserta.


Onde eu exatamente me encontro?


O que me surpreende é a impressão de não ter envelhecido, embora eu esteja instalada na velhice.


O tempo é irrealizável.


Provisoriamente o tempo parou para mim.
Provisoriamente.


Mas eu não ignoro as ameaças que o futuro encerra, como também não ignoro que é o meu passado que define a minha abertura para o futuro.


O meu passado é a referência que me projeta e que eu devo ultrapassar.


Portanto, ao meu passado, eu devo o meu saber e a minha ignorância, as minha necessidades, as minhas relações, a minha cultura e o meu corpo.

Hoje, que espaço o meu passado deixa para a minha liberdade hoje? Não sou escrava dele.


O que eu sempre quis foi comunicar unicamente da maneira mais direta o sabor da minha vida. Unicamente o sabor da minha vida.


Acredito que eu consegui fazê-lo.


Vivi num mundo de homens, guardando em mim o melhor da minha feminilidade.


Não desejei e nem desejo nada mais do que viver sem tempos mortos.

Simone de Beauvoir (1908-1986) Escritora, filósofa existencialista, ativista política, feminista e teórica social francesa.

Abaixo trechos da peça “Viver sem tempos mortos”, inspirada na correspondência de Simone Beauvoir e Jean-Paul Sartre. A peça foi protagonizada por Fernanda Montenegro pela primeira vez em 2012 e reapresentada em 2018.

Sobre joaoantonio60

Traço de União é um espaço para aqueles que defendem a democracia, a ciência e a preservação do Planeta Terra - azul e redonda.
Esse post foi publicado em Cultura. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s