Avenida Paulista ontem e hoje – uma gigante paulistana!

Avenida Paulista foi inaugurada em 8 de dezembro de 1891 e a escolha de seu nome foi uma homenagem à população paulista.

Muito antes disso acontecer, eram as tribos indígenas que viviam na região e chamavam o lugar de Morro do Caaguaçu, que significa “Mata-Grande” no dialeto tupiniquim. Nesta época, a vegetação era densa e coberta com árvores muito altas como o Jatobá, Pau-ferro, Embaúba, entre outras.

Avenida Paulista em 1898


Com a chegada dos portugueses houve a abertura de um caminho na parte alta do morro, que foi nomeado de Rua da Real Grandeza. Nos anos 1880, o local pertencia à Chácara do Capão, propriedade de Manuel Antônio Vieira.

Poucos anos depois, a Avenida Paulista foi projetada pelo engenheiro uruguaio Joaquim Eugenio de Lima, que também batizou com seu nome uma de suas ruas transversais mais famosas da avenida. Com mais dois sócios, Eugenio de Lima adquiriu parte da Chácara do Capão, incluindo a área do Morro do Caaguaçú, que foi loteado, surgindo a Avenida Paulista. Construída no topo do morro, a via continua sendo umas das avenidas mais altas da cidade: 900 metros acima do nível do mar.

A avenida no sentido Paraíso-Consolação, em 1902. Ao fundo, o pico do Jaraguá e, à direita a mansão da família Matarazzo.

Atualmente, restam apenas cinco casarões deste período na Avenida Paulista, que foram tombados pelo Patrimônio Histórico de São Paulo. Tanto nestas edificações ainda existentes, como nos registros e imagens das que já foram demolidas, é possível “viajar” por um trecho fundamental da história da cidade de São Paulo. Foram muitas conquistas, acelerado desenvolvimento, diversas demolições, gente que foi…, que ainda vem… e gente que vai … Só ela, a avenida, fica como resultado desta história sincrética e diversa que faz a Paulista que conhecemos hoje.

Av. Paulista hoje

Sobre joaoantonio60

Traço de União é um espaço para aqueles que defendem a democracia, a ciência e a preservação do Planeta Terra - azul e redonda.
Esse post foi publicado em Urbanismo. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s