O compasso da vida – poema de Mimila K Rocha

Debruçado aqui na janela de minha varanda aprecio o tempo passar…

O vento sopra e o balançar dos galhos das árvores estabelece, no compasso do tempo, o tempo do compasso.

É neste movimento cadenciado que se percebe andamento regular da vida…

Variados pássaros, diferentes cantos , encanto, em cantos diferentes…

Sopros, passagem, passageiros, futuro – ponto de ligação…

e a natureza, que não pede licença para se impor, faz valer sua importância…

Mimila K Rocha

Sobre joaoantonio60

Traço de União é um espaço para aqueles que defendem a democracia, a ciência e a preservação do Planeta Terra - azul e redonda.
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s