O compasso da dança – por Mimila K Rocha

Quando danço o prazer invade minha alma.

Nada me detém!

No compasso do som – embriagado pelo prazer rítmico – sigo de cabeça erguida…

Tempos fortes e tempos fracos se alternam ditando a dinâmica do meu corpo.

Os intervalos regulares da música ditam o compasso de minha interpretação – minha interação…

A cadência é o meu diálogo com auditório.

Na minha frente, olhares atentos, silêncio absoluto e músculos relaxados como se quisesse penetrar na minha dança…

Emoção, reciprocidade, interação.

Tudo é permitido enquanto ali estou…

É a sequência harmônica que me faz tomar conta do espaço,

Corpo em atividade, músculos enrijecido ou relaxados conduzem meu corpo a um conjunto fluente no tempo – Naquele espaço meu corpo parece falar.

Elasticidade, asas, ar, sons, passos, rítimo – literalmente o mundo aos meus pés.

Movimento o meu corpo de maneira graciosa, com leveza…

E se há intermitência: é para melhor sincronizar os meus passos.

Danço para estimular emoções.

Mimila K Rocha

Sobre joaoantonio60

Traço de União é um espaço para aqueles que defendem a democracia, a ciência e a preservação do Planeta Terra - azul e redonda.
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para O compasso da dança – por Mimila K Rocha

  1. SEBASTIAO G NASCIMENTO disse:

    Se ler esse poema com bastante atenção é possível sentir o corpo rodopiar no espaço.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s