Manoel de Barros – um pós-modernista

Manoel de Barros foi um notório poeta pós-modernista brasileiro, nascido no Mato Grosso do Sul. Profundamente ligado aos elementos naturais, Manoel é lembrado como o poeta das coisas miúdas.

Manoel de Barros

A linguagem dos seus versos se aproxima da oralidade e integra as expressões e a sintaxe da fala rural, inventando também novas palavras.

O autor é considerado um dos maiores escritores da literatura contemporânea nacional, eternizado pela sua sensibilidade à beleza e aos detalhes cotidianos da vida natural.

Outra característica fundamental da sua poesia é a sua forte ligação com os sentidos: a visão, o olfato, o paladar…

Biografia do orvalho

A maior riqueza do homem é a sua incompletude.
Nesse ponto sou abastado.
Palavras que me aceitam como sou — eu não
aceito.
Não aguento ser apenas um sujeito que abre
portas, que puxa válvulas, que olha o relógio, que
compra pão às 6 horas da tarde, que vai lá fora,
que aponta lápis, que vê a uva etc. etc.
Perdoai.
Mas eu preciso ser Outros.
Eu penso renovar o homem usando borboletas.

Sobre joaoantonio60

Traço de União é um espaço para aqueles que defendem a democracia, a ciência e a preservação do Planeta Terra - azul e redonda.
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s