Os destinos do caminhar – por Mimila K Rocha

O menino andava a esmo pela estrada sem ter certeza do ponto de chegada,

A vida é assim mesmo: certeza do ponto de partida, expectativa quanto a trajetória e imprecisões quanto ao ponto de chegada.

Alguns percorrem longas e estradas sem a preocupação com o tempo, outros, por ambição ou conformismo, preferem trajetos curtos, há ainda aqueles que seguem caminhando, caminhando, caminhando….

Não há como padronizar a destreza.

Há sempre os afoitos e os afáveis, os atentos e os indolentes, os serenos e os agitados,

Enfim, na vida encontramos os que ficam por conformismo, os que partem por desatino, os que ficam por querer mais, os que deixam de fazer por insegurança, os que fazem sem pensar nas consequências…

É que nem sempre razão e emoção estão ajustadas às proposições do amanhã: certeza nem sempre se traduz em alegrias e a felicidade é efêmera demais para ser moldada.

Atento, fiquei olhando o início da caminhada daquele menino…

Achei ele preocupado apenas em caminhar…

Todo início é assim mesmo – deixa que vida vai lhe ensinar sobre as curvas das estradas.

Mimila K Rocha

Sobre joaoantonio60

Traço de União é um espaço para aqueles que defendem a democracia, a ciência e a preservação do Planeta Terra - azul e redonda.
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Os destinos do caminhar – por Mimila K Rocha

  1. SEBASTIAO G NASCIMENTO disse:

    Menino, pegues a estradas e perigas ver.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s