Desafios

Vivemos em tempos difíceis!

É possível apagar o presente?

O ontem não se apresenta ao hoje com sentimentos conservadores, nem o futuro está pré-determinado…

E os caminhos nem sempre são retos, e nossas pegadas são tortuosas demais.

O desalento dos que fizeram a escolha errada se espalha como o vírus mortal e a tonalidade escura do esmorecimento turva a visão dos que tem sede de justiça…

Mas há forma de aluir os momentos indesejáveis dos caminhos que estamos percorrendo…

Nada é para sempre.

Desabar em sentimentos negativos não faz sentido: a vida é a negação da morte e vice-versa…

Sim! Viver é desafiar a morte, em que pese a certeza do fim.

E a vida não é um sopro impreciso da natureza e muito menos obra do acaso – é um querer deliberado.

O amanhã é dependente dos que fizeram do mundo sua morada.

Deixe que a poesia invada sua alma, faça da alegria o estímulo para sua criatividade poética…

Otimismo!

O desânimo dos libertários só eleva a autoestima dos autocratas…

Tempos difíceis são tempos de gestos afáveis,

Sempre é tempo de acreditar…

Coragem gente, coragem! Eles passarão.

Mimila K Rocha

Sobre joaoantonio60

Traço de União é um espaço para aqueles que defendem a democracia, a ciência e a preservação do Planeta Terra - azul e redonda.
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Desafios

  1. Pingback: Sobre a posse da mesa diretora do Tribunal de Contas do Município de São Paulo | Traço de União

Deixe uma resposta para Anônimo Cancelar resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s